COBAP defende luta dura pela recuperação de receitas previdenciárias e repudia números do Governo

O Governo Federal e o Ministério da Previdência Social não se cansam de mentir sobre o impacto financeiro do aumento real dos aposentados.
Dessa vez, o Governo divulgou para a imprensa que o impacto será de R$ 11 bilhões, o que é um absurdo. Essa manobra visa impedir a derrubada do veto presidencial por parte dos parlamentares. O Governo continua acusando a Previdência e os aposentados pelo rombo fiscal do país.

A COBAP já fez os seus cálculos e apresentou um impacto de R$ 6 bilhões até 2019, sendo que esse valor somente afetará a Previdência a partir de 2018, uma vez que o país encontra-se em crise econômica e o Produto Interno Bruto (PIB) foi ZERO em 2014 e será negativo nos próximos anos.

A COBAP também apresentou vários dados que comprovam que a Previdência pode recuperar receitas e, assim, melhorar seu balanço financeiro. Para isso é preciso uma política dura de combate aos sonegadores e aos devedores da Previdência Social. Além disso, defende também o fim da Desoneração da Folha, da Desvinculação das Receitas da União (DRU) e o fim das renúncias fiscais da Previdência.

Tudo isso tira dinheiro da Previdência Social e dos aposentados.

  • Os dados são os seguintes:

Devedores da Previdência (caloteiros): R$ 200 bilhões
Sonegação: R$ 40 bilhões
Desoneração da Folha: R$ 25 bilhões
DRU: R$ 63 bilhões
Renúncias fiscais: R$ 28 bilhões
Total: R$ 356 bilhões

Os aposentados, pensionistas e idosos do Brasil são vítimas dessa política de desvio de recursos e de maus pagadores da Previdência Social.

A COBAP conclama todas as Federações e associações de base do nosso movimento nacional para uma cruzada em defesa da derrubada dos vetos presidenciais e em defesa do dinheiro da nossa Previdência Social!!!!!!
 
Falem com seus parlamentares em seus Estados!!!!!!!
 
A COBAP estará presente no Congresso Nacional, juntamente com os servidores públicos federais, na luta pela derrubada dos vetos presidenciais do aumento real dos aposentados e do fim do Fator Previdenciário!!!!!!!

Fonte: A COBAP

Deixe uma resposta